Seguidores

...

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

UMA DAS COISAS MAIS BONITAS QUE VI DESDE QUE PARTICIPO DE EVENTOS

 O Evento do dia 21 de novemnbro, na Casa das Rosas, foi um sucesso. Organizado por Elizabeth Misciasci e aprsentado por Dora Dimolitsas, com a presença dos Embaixadores da Paz, Árias Manzo e Delasnieve Dáspet, entre outros.



 Dora Dimolitas, Cônsula de São Paulo escreveu essa pérola, como uma genuína Poeta del Mundo, parabéns!




Às vezes eu páro e penso na capacidade de alguns seres

De ferir o irmão  e de gratuitamente arrotar poder

Considerar-se um ser imortal, esquecendo-se

Que é pura carne, apenas Pó,

O pó de onde veio e para onde voltará,

Fico me perguntando, o que sentirá realmente na hora fatal.

A dor física muitas vezes, não dói tanto, quanto a dor causada

Na alma por alguém que estimamos,

Ficamos semelhantes a um passarinho de asas quebradas.

Não esperamos que na virada da esquina,a fera pule fora,

E sem piedade, use sua língua, faca afiada, 


Que destrói grandes sonhos

Um mundo que poderia tomar forma real saindo do sonho 


Incorporando a realidade.

Vendo meu semelhante agir com tanta dureza, pergunto:

Para que serve este coração que bate no peito, é pura pedra?

Para que serve a palavra disfarçada, se no peito

Ferve o coração azedo de arrogância,

Um firme propósito de passar por cima de qualquer um,

Para chegar aos seus reais objetivos.

Sinto-me envergonhada quando

Me aproximo de alguém com este perfil,

Pior ainda, quando convivo com pessoas assim.

 

Dora Dimolitsas

Um comentário:

  1. Soninha
    que bonito amiga, obrigada por publicar o meu poema, que reflete um sentimento de muita reflexão beijos Dora Dimolitsas

    ResponderExcluir